Sites e Blogs que indicamos

Sites e Blogs que Indicamos

Este post é para divulgarmos os SITES e os BLOGS que indicamos pela qualidade das informações que fornecem ou pela qualidade dos serviços prestados ou mesmo pela avaliação de visitantes.

Abaixo os links:

  1. Global Healt – noticias gerais
  2. Web Desing – dicas
  3. Serp
  4. MOZ
  5. Contabilidade para Medicos
  6. Sites de especialidades médicas
    1. https://psiquiatra.site
    2. https://ortopedista.site
    3. https://ginecologista.site
    4. https://cardiologista.online
    5. https://cirurgia-plastica.site
    6. https://oftalmologista.site
    7. https://otorrino.site
    8. https://endocrinologista.site
    9. https://med-br.com
  7. http://net17.com.br
  8. https://site-br.net

 

 

TARJA PRETA X TARJA VERMELHA: ENTENDA AS DIFERENÇAS

TARJA PRETA

Muitas pessoas se confundem na hora de comprar medicamentos e utilizá-los da maneira adequada. Como existe uma grande variedade de substâncias no mercado e a população em geral não tem grande conhecimento farmacêutico, confusões e acidentes são comuns, levando perigo à vida de quem quer que seja.
Para diminuir esse problema e facilitar a compreensão, os fabricantes são obrigados a imprimir nas caixas uma tarja com a colocação correspondente ao grau de risco. Isso permite uma imediata compreensão e também a necessidade ou não de prescrição médica através de uma linguagem simples de cores. Quer saber melhor sobre cada uma e aprender sobre os seus reais significados? Confira o texto a seguir:

Medicamento sem tarja
A Venda é livre, ou seja, podem ser adquiridos sem a necessidade de receita médica. São remédios com menos efeitos colaterais ou contra indicações, geralmente utilizando em problemas de menor complexidade, como azia, resfriados, micoses, entre outros. Isso ocorre porque a instância sanitária do país considera que os seus princípios ativos são inócuos ou significativamente pequenos. Ainda assim, o seu uso deve seguir as instruções.

Tarja preta
São os medicamentos de grande controle e podem apresentar muitos efeitos colaterais e reações adversas. Possuem ação sedativa ou com impacto no sistema nervoso central, também sendo do grupo dos psicotrópicos. A sua venda é feita somente com apresentação de receita especial na cor azul. A tarja terá a seguinte impressão: “venda sob prescrição médica – o abuso desse medicamento pode causar dependência”. Além da dependência química, podem causar efeitos graves, como taquicardia e problemas cardíacos. Deve ser mantido longe do alcance de crianças ou pessoas com problemas psicológicos a todo custo. Muitas vezes, se utilizados em excesso, podem levar à morte. Por isso a necessidade de um controle mais intenso.

tarja preta

Agora você já entendeu melhor o quanto essas tarjas podem contribuir para que você identifique o tipo de medicamento e o risco associado. Muitas vezes essas informações, feitas para facilitar a vida de todos, não são corretamente divulgadas e a população fica sem entender adequadamente. Ensine as pessoas a sua volta e diminua suas dúvidas. Na sua próxima ida à farmácia, você já saberá perfeitamente a diferença!

clinica de psiquiatria em brasilia

Tarja vermelha sem retenção da receita
Esse grupo de medicamentos é vendido apenas com receita/prescrição médica. Eles possuem diversas contra indicações e podem acarretar alguns efeitos nocivos. A tarja vermelha vem com a seguinte impressão: “venda sob prescrição médica” e só com a apresentação dessa receita que eles podem ser vendidos.

Tarja vermelha com retenção da receita
Nesse caso, além de apresentar a receita médica, ela precisa ser retida pelo farmacêutico. São conhecidos como remédios controlados e só são comercializados mediante o receituário de cor branca. São medicamentos psicotrópicos, que podem causar dependência química e trazer diversos efeitos colaterais e contra indicações. Em sua tarja vermelha virá escrito: “venda sob prescrição médica – só pode ser vendido com retenção de receita”.

Anvisa

Qual a diferença entre Psicólogo e Psiquiatra?

A formação acadêmica de cada um dos profissionais é distinta. Para atuar como psiquiatra deve-se cursar seis anos de Medicina e mais três de residência em Psiquiatria. Já para atuar como psicólogo, deve-se fazer uma graduação de cinco anos em Psicologia e, em seguida, especializar-se na área e na abordagem escolhida.

  1. O que faz um psicólogo clínico?
    O psicólogo clínico é um profissional habilitado a tratar, por meio de técnicas que chamamos de psicoterápicas, as inúmeras formas de adoecimento mental que podem acometer um ser humano ao longo de sua vida. No geral estas técnicas utilizam prioritariamente a fala, mas podem utilizar também outros recursos como desenhos e técnicas corporais.

Psiquiatra Brasilia Amil

  1. O que faz o psiquiatra?
    O psiquiatra é um médico de formação que se especializou na identificação, diagnóstico e tratamento medicamentoso das desordens mentais. É um profissional fundamental no tratamento de desordens mentais severas tais como, esquizofrenia, autismo, transtornos de humor, etc.

Fonte: Clinica de Psiquiatria em Brasilia

Facebook

Google Maps